sábado, 6 de fevereiro de 2010

Correios volta a prorrogar as inscrições dos concursos.

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos prorrogou até o dia 16/2 o período de inscrição para os concursos que vão preencher 6.565 vagas. Até o último dia 31/1, cerca de 700 mil candidatos já haviam feito inscrição. De acordo com o Diretor de Gestão de Pessoas da ECT, Pedro Magalhães Bifano, a nova prorrogação do concurso atende a uma ordem judicial, que exigiu que a isenção da taxa de inscrição — antes permitida apenas aos candidatos de nível médio — também possa ser requerida pelos candidatos aos cargos de nível superior e carreiras específicas. “Para mantermos a isonomia entre os candidatos, decidimos prorrogar os concursos para todos os cargos e para todo o Brasil”, disse ele.

Com a alteração nos editais, os candidatos de nível superior e carreiras específicas que já efetivaram as inscrições e atendam aos critérios de baixa renda e inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, poderão pedir a devolução do valor pago.

Para Agentes de Correios, a ECT oferece, além do salário-base de R$ 806,48, plano de assistência médico-hospitalar e odontológica extensiva aos dependentes legais, além do pai e mãe (conforme regras estabelecidas), e vale alimentação/refeição que varia de R$ 614,50 a R$ 700,50, dependendo da jornada de trabalho semanal। Para Analista de Correios, o salário é de R$ 3.208,37, além das vantagens já citadas.

Além das agências informadas no edital, o candidato pode fazer sua inscrição no site dos Correios, pagando o boleto na rede bancária, inclusive no Banco Postal. As taxas de inscrição para nível médio e superior são de R$ 30,00 e R$ 60,00, respectivamente. Apenas para o cargo de técnico em segurança do trabalho a taxa é de R$ 35,00.
Os editais, com dados sobre localidades, quantidade de vagas, agências que estão recebendo inscrições e programas das provas estão disponíveis no endereço eletrônico:

http://www.correios.com.br/institucional/concursos/correios/default.cfm

Nenhum comentário: