quarta-feira, 4 de julho de 2012

Ficha Limpa todo enrolando

Como se não bastasse as ultimas do deputado federal Arnaldo Jordy sobre o caso com sua ex. companheira de nome Josyane e o pedido de aborto por ele feito e postado na internet, desta vez o candidato do PPS a prefeitura de Belém é acusado de usar funcionária Fantasma na assembléia Legislativa (Alepa), que o próprio nomeou em 2010 para trabalhar na Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor, Porém sem a mesma saber. Isso prova que as ações nefastas do deputado federal não condizem com suas falas de candidato ficha limpas.

Jerfcilene Conceição Teixeira, contratada por Jordy, quando ainda era deputado estadual, recebia a quantia R$ 1.500,00 de maneira nada honesta. Jerfcilene Teixeira preocupada com o ocorrido enviou uma carta a Alepa que relata o caso para que seja apurado onde a mesma exige que esta situação seja solucionada, para que ela possa tomar as atitudes pertinentes.